Taylor Swift coroa namorado com beijo após vencer Super Bowl

Foto: Ag Edgar de Souza

Taylor Swift coroa namorado após uma noite bastante intensa nesse domingo, 11 de fevereiro, mas não por uma apresentação musical, e sim por causa de futebol americano. Afinal, era o Super Bowl, final da NFL, e Kansas City Chiefs, equipe de Travis Kelce, parceiro dela, competiu e venceu o campeonato.

A artista, como uma boa namorada, chegou primeiramente no estádio duas horas antes da partida ter início, acompanhada das amigas Ice Spice e Blake Lively. Posteriormente, a cantora encontrou os sogros e o cunhado, Jason Kelce, no camarote reservado a eles.

A ansiedade tomou conta de Taylor Swift, que demonstrava a tensão em acompanhar o jogo com muitas expressões. Ela aliás, tomou uma lata inteira de cerveja de uma só vez, em um “golão”. Além disso, a loira foi vista roendo as unhas diversas vezes.

A partida foi extremamente tensa, na qual o Kansas enfrentou San Francisco 49ers. Os rivais abriram primeiro a vantagem, mas o time de Kelce conseguiu virar, perder novamente e empatar, levando à uma prorrogação. No tempo extra, Kansas venceu n finalzinho do tempo, e claro que Taylor Swift foi à loucura com a plateia.

Em seguida, Taylor Swift coroa namorado com um beijo mais que especial pela sua vitória. Travis Kelce recebeu o troféu, fez um discurso emocionante e saiu correndo para beijar a cantora, que estava o esperando para lhe presentar pela grande conquista.

Taylor Swift fez de tudo para ver namorado jogar

Taylor Swift enfrentou um desafio logístico digno de nota ao tentar conciliar sua agenda de shows com o apoio ao namorado, Travis Kelce, no Super Bowl de 2024. Ela, que realizou um show em Tóquio na véspera, precisa voar cerca de 8.900 km para assistir ao jogo em Las Vegas, uma maratona que a obrigou a encarar um jet lag master e a luta por um espaço para estacionar seu jatinho particular.

A viagem internacional colocou a loira contra o relógio, enfrentando uma diferença de 17 horas entre Tóquio e Las Vegas. Especialistas apontaram que o jet lag pode ser um adversário formidável, especialmente porque ela tinha planos imediatos de viajar para Melbourne após o Super Bowl. A diferença horária entre Tóquio e Melbourne é de apenas duas horas, mas a diferença para Las Vegas é de 19 horas, o que complica a aclimatação.

Além das questões de fuso horário, Taylor Swift enfrentou o “maior problema de rico”: encontrar um espaço para estacionar seu jato particular. Com cerca de mil aviões esperados nos aeroportos de Las Vegas para o evento, a competição por um lugar é intensa. Esta peculiaridade da final da NFL destaca a magnitude e a ostentação que cercam um dos maiores eventos esportivos do ano.

Fonte: Ofuxico.com
Foto: Grosby Group